Rua Sete Pecados, 100, Arruda - PE
Rua Itapissuma, 57, Garapu - PE

Aluguel de equipamentos, a melhor alternativa em tempos de crise

Não são todas as construtoras e empresas de engenharia que recorrem usualmente ao mercado de aluguel de equipamentos. Muitos ainda utilizam equipamentos antigos, compram parte do maquinário necessário ou acabam subcontratando outras empresas e profissionais que possuem e operam tais equipamentos, sabe-se lá em que condições. Além da segurança e da eficiência, o aluguel de equipamentos pode ser uma resposta mais eficaz para suplantar o principal dilema do segmento de construção civil na atualidade: a crise.

Sejamos francos: o mercado imobiliário e de construção está em meio a um apagão. Com muitas incorporadoras reduzindo em até 60% ou 70% seu volume de lançamentos, a crise começa também a chegar no segmento de reformas. Para construtoras e profissionais que atendem a projetos públicos, a falta e o atraso de pagamentos vêm gerando enormes problemas de caixa. É preciso sobreviver a esse primeiro momento e construtoras que possuam um melhor controle de seus gastos irão passar mais facilmente pelo momento difícil que vivemos no país.

Mas como o aluguel de equipamentos pode ajudar você e sua empresa a equilibrarem suas finanças e manter operações em um momento como o atual, de “vacas magras”?

Controle e fluxo de caixa

Controlar o caixa em uma obra é algo complexo. A grande maioria das construtoras e empreiteiras, principalmente em reformas e projetos menores, têm pouco ou nenhum controle sobre a projeção de gastos e custos ao longo do projeto. É preciso mudar esse cenário. Com a crise batendo na cintura, apenas profissionais mais eficientes sobreviverão e para isso é preciso saber exatamente o quanto e quando você irá gastar em uma obra.

O aluguel de máquinas e equipamentos fornece uma perspectiva objetiva em relação aos gastos. Sabendo o número de dias em que você irá dispor de cada equipamento e o quanto irá pagar por isso de modo antecipado, é possível equilibrar esses custos e projetar seu impacto no caixa no médio e no longo prazo. Usando máquinas próprias ou de terceiros contratados, não é possível estimar custos com manutenção, problemas e gastos com paradas e até mesmo os gastos envolvidos no transporte e montagem de cada um desses equipamentos.

Sem ociosidade

Equipamento parado é dinheiro jogado fora. O aluguel de equipamentos reduz ou extingue a ociosidade em sua obra, sendo que você apenas pagará pelo uso de cada uma das máquinas, devolvendo quando necessário e retirando novamente quando precisar. Sem o equipamento parado na obra, também é menor o risco de acidentes, danos à máquina e manutenções.

Negociação no aluguel de equipamentos

O mercado está difícil para todo mundo. O volume de capital para financiamento não afeta apenas quem quer comprar um imóvel, mas também você na hora de adquirir uma nova máquina ou equipamento. O aluguel pode ser uma resposta inteligente e rápida ao aumento dos custos de financiamento na compra de maquinário novo, além de evitar um maior grau de endividamento de sua construtora no longo prazo – e se tem algo que nenhuma empresa quer no momento é se endividar.